TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS – Entenda a Importância

Tempo de leitura: 8 minutos

Treinamento e capacitacao de pessoas - TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS - Entenda a Importância
TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS

TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS | Toda estratégia de negócios requer uma série de condições críticas para o sucesso, como ter os recursos financeiros, atender ao cliente e usar a tecnologia disponível. Algumas das mais importantes são os conhecimentos, habilidades e atitudes dos colaboradores. Surge então, a importância de investir em treinamento e capacitação.

Promover o crescimento das pessoas concede um tipo de riqueza imaterial para a organização: o capital humano. O conjunto de competências determina quanto podemos realizar e estamos aptos a alcançar os objetivos de negócios.

Por isso, ao se interessar por treinamento e capacitação, você deu um passo importante para uma atuação mais efetiva e estratégica no RH. A seguir, explicamos qual é o papel dessas atividades e como elas podem ser implementadas na sua empresa. Não deixe de conferir!

O que é treinamento e capacitação de pessoas?

Os programas de treinamento e capacitação preparam a pessoa para o cargo que ela exerce. Todas as profissões na estrutura da empresa apresentam conhecimentos, habilidade e atitudes requeridos para realizar o trabalho, e as competências, técnicas ou comportamentais são determinantes para o sucesso na função.

Plano de desenvolvimento individual

O ideal é que o treinamento e capacitação de pessoas estejam vinculados a um plano de desenvolvimento individual. Nele, avaliamos a jornada do profissional na empresa e tornamos as capacitações coerentes umas com as outras, de modo que o profissional consiga crescer e manter-se atualizado ao longo prazo.

Plano de desenvolvimento organizacional

Da mesma forma, podemos tornar os diversos treinamentos individuais alinhados com o objetivo de aumentar o capital humano. Aqui, a partir da estratégia de negócios, pensamos quais são as competências de que a empresa necessita e ajustamos os planos individuais.

Recrutamento e seleção de pessoas

As estratégias de treinamento e capacitação também atuam lado a lado com os recrutamentos externos. Em um momento, o RH buscará pessoas qualificadas fora da organização; no outro, investirá no desenvolvimento dos pratas da casa. A decisão passa por diversos fatores, como custos, disponibilidade de talentos no mercado e impacto na rotatividade de pessoal.

O alinhamento entre o que treinamos agora com o desenvolvimento individual, o plano organizacional e os recrutamentos mostra quão estratégico se tornou o RH. As ações do setor impactam o capital humano e, consequentemente, determinam o sucesso da estratégia de negócios.

Quando os programas de treinamento podem ser aplicados?

A qualificação dos profissionais está na base de diversos processos de RH. Além disso, muito do que perseguimos em relação aos indicadores de desempenho é afetado diretamente pelos colaboradores terem ou não as competências necessárias.

Reduzir gaps de competência

A primeira das aplicações do treinamento é a redução das lacunas entre a competência necessária para uma função e a presente no colaborador. Aqui, deixamos de olhar apenas para o resultado imediato e miramos as causas do desempenho, capacitando o profissional nos conhecimentos, habilidades e atitudes requeridos pelas atividades dele.

Planejar a carreira e a sucessão

Também é comum preparar as pessoas para posições futuras. Isso ocorre porque nem sempre o sucesso na função é uma qualificação suficiente, para ter um bom desempenho ao ser promovido. É o caso, principalmente, dos cargos de chefia, em que, além das competências já demonstradas na função anterior, a pessoa precisa desenvolver habilidades de liderança e gestão.

Promover a integração dos contratados

Outra aplicação é facilitar a entrada de novos colaboradores. É bastante natural que, apesar do potencial demonstrado no processo seletivo, o candidato ainda tenha outras competências em relação às tarefas do cargo. Até porque, a empresa pode trazer um contexto único, com seus próprios desafios e cultura. Essencial para ótimas práticas de treinamento e capacitação de pessoas.

Implementar uma cultura

TREINAMENTO E CAPACITACAO DE PESSOAS 2 - TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS - Entenda a Importância

Um último ponto é que os treinamentos são um elemento externo que afirma os valores e crenças da organização. Com eles, orientamos sobre as normas da empresa, como atender clientes, realizar as tarefas, lidar com as relações no trabalho etc. Logo, são um instrumento para implementar a cultura organizacional.

Como estruturar um programa de treinamento e capacitação?

Treinamento e capacitação devem ser encarados como atividades contínuas na empresa. Atualmente, com a transformação digital, os cenários mudam com bastante frequência, bem como as competências necessárias em cada momento. Logo, a capacidade de aprender se torna uma característica-chave para o sucesso da organização.

Mapeamento das necessidades

O começo é sempre a identificação das necessidades de treinamento e capacitação. Essa tarefa é facilitada quando contamos com um software para acompanhar indicadores e gerir as avaliações de desempenho, pois dependemos desses resultados para mapear os pontos fortes e fracos do capital humano e listar os gaps de competência.

Elaboração do programa de treinamentos

O objetivo da capacitação é aproximar o desempenho do profissional de um padrão de qualidade. Por exemplo, se a negociação dos vendedores é avaliada com 6 e eles necessitam de, no mínimo, 8, o foco do programa será o avanço de 2 pontos.

Para isso, podemos recorrer a diferentes alternativas de qualificação:

  • aulas teóricas e práticas — um instrutor contrato ou profissional da empresa transmite o conteúdo para os colaboradores abrangidos;
  • educação a distância — a capacitação ocorre via EAD, com conteúdos multimídia, como texto, áudio, vídeos, lives etc.;
  • dinâmicas de grupo e jogos — cria-se uma situação em que os profissionais aprendem indiretamente conforme resolvem desafios, participam de discussões, partilham experiências etc.;
  • mentorias — um profissional mais experiente passa a orientar outra pessoa;
  • rodízio de funções — mudar o profissional de função para que ele aprenda com as tarefas e profissionais da nova área.

Independentemente do método, é importante usar o software de RH para comparar resultados antes e depois do treinamento. A diferença entre os desempenhos anterior e posterior determina o sucesso da capacitação.

Além disso, a tecnologia torna a gestão mais ágil e dá visibilidade aos processos. Muitas vezes, o gestor de RH precisa acompanhar o andamento de diversos treinamentos simultâneos, e o monitoramento não será eficiente se não houver a tecnologia adequada.

Reforço do programa de treinamento

Por fim, alguns programas terão de ser reforçados. Isso ocorre principalmente quando as melhorias não são alcançadas, mas também pode ser uma característica da própria competência que se pretende desenvolver.

Um exemplo desse último caso é o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e o ensino das normas de segurança. Afinal, mesmo que os profissionais tenham aprendido na primeira vez, a empresa sempre deve reafirmar os cuidados para evitar acidentes de trabalho.

Quais são os benefícios do treinamento e capacitação?

Os resultados aparecem à medida que os programas cumprem seus objetivos e atendem as necessidades da empresa. Entre os principais ganhos, podemos citar os seguintes.

Aumentar a produtividade dos colaboradores

Inicialmente, o papel da capacitação é melhorar o desempenho no cargo. Assim, o sucesso dos programas traz aumentos de qualidade, quantidade e eficiência nas entregas realizadas pelos profissionais.

Reduzir o turnover

Outro ganho é minimizar a necessidade de substituir profissionais. Os treinamentos atuam de maneira preventiva em relação à rotatividade de pessoal, fazendo com que os colaboradores melhorem o desempenho e sintam-se motivadas à medida que conseguem realizar os serviços. 

Fortalecer a cultura

No longo prazo, os treinamentos ajudam a consolidar a cultura da empresa. Sem contar, que é possível investir em programas voltados para implementar normas e comportamentos relacionados aos valores da organização. 

Dar perspectiva de crescimento 

Já do ponto de vista do colaborador, uma empresa que qualifica, cria um ambiente para o crescimento individual. As oportunidades de aprendizado fazem parte da proposta de valor da organização, atuando em conjunto com a remuneração e vantagens do cargo.

Então, pelo que vimos até aqui, os benefícios de assumir a responsabilidade e promover o crescimento das pessoas trazem retornos importantes. Ao contar com equipes mais produtivas, motivadas e adequadas à cultura organizacional, teremos melhorias nos processos internos e no atendimento das necessidades dos clientes, gerando os resultados financeiros.

Um ponto importante para implementar os projetos na sua empresa é ter um software para acompanhar o estágio de cada colaborador. É preciso conectar as avaliações de desempenho com a preparação oferecida, bem como acompanhar os indicadores. E isso é facilitado com uma tecnologia que dê visibilidade aos processos de RH.

Sendo assim, para otimizar os resultados dos programas de treinamento e capacitação, a combinação entre o planejamento adequado e as soluções digitais é aquela que apresenta os maiores ganhos. Invista nesse caminho para desenvolver os colaboradores ao máximo, sem depender tanto de contratações para suprir as demandas da empresa.

Curta a RHPlan no Instagram: @rhplan

TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAS. Tem alguma Dúvida ou deseja fazer um Orçamento? Entre em CONTATO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *